Anuncie neste site

SINTET cobra explicações sobre saldo de R$ 1,5 milhão não aplicado na Educação de Guaraí


Foto: Arquivo/Guaraí Notícias - SINTET quer saber para onde foram os quase R$ 1,5 milhão de saldo não aplicados em 2017 na educação municipal de Guaraí. Entidade lembra que valores poderiam ser investidos na valorização da categoria.
Foto: Arquivo/Guaraí Notícias - SINTET quer saber para onde foram os quase R$ 1,5 milhão de saldo não aplicados em 2017 na educação municipal de Guaraí. Entidade lembra que valores poderiam ser investidos na valorização da categoria.

Publicado em 13/12/2018 09:26 - Categoria: Educação

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (SINTET) emitiu nota na noite desta última quarta-feira (12/12), cobrando explicações da Prefeitura de Guaraí sobre um recurso de R$ 1.593.698,61 não aplicado na Educação do município. O montante, segundo aponta a entidade sindical, refere-se a um saldo positivo, ou seja, valor que não teria sido gasto em 2017.

 

“Já que está sobrando recurso, o sindicato requer valorização dos trabalhadores em educação por meio da implementação da carreira destes profissionais, lembrando que o limite prudencial do município, gasto com pessoal, se encontra em 51,46%, podendo chegar até 54%. Esses números comprovam que para valorizar a categoria basta a gestão ter vontade”, explica a nota do SINTET.

 

A entidade sindical afirma ainda que em outubro passado se reuniu com representantes do Poder Executivo de Guaraí, onde inclusive a própria prefeita Lires Ferneda (PSDB) esteve presente. Na oportunidade, a gestão teria se comprometido a apresentar, dentro de um prazo de 20 dias, um estudo financeiro para atualização do piso salarial, porém até o momento isso não aconteceu.

 

“O município tem recursos para implementar a carreira dos trabalhadores em educação, mas a prefeita tem se mostrado inflexível”, afirma a presidente regional do SINTET em Guaraí, Iolanda Bastos. A representante sindical lembra ainda que vai reunir a categoria em assembleia geral e não descarta a possibilidade de greve no próximo ano, caso a pauta deixe de ser atendida.

 

Contato com a Secretaria de Educação de Guaraí

 

O Guaraí Notícias entrou em contato com o secretário municipal de educação de Guaraí, Sebastião Mendes, questionando-o sobre as indagações levantadas pelo SINTET. O gestor, que estava em viagem, informou que vai se inteirar sobre os apontamentos e encaminhar, caso necessário, um posicionamento sobre o assunto, lembrando que o espaço continuará aberto nesta reportagem.

 

Veja também:

 

Matéria publicada no dia 21/12/2018:

Prefeitura de Guaraí culpa gestão anterior e desmente SINTET sobre saldo não aplicado na educação

https://www.guarainoticias.com.br/noticia/prefeitura-de-guarai-culpa-gestao-anterior-e-desmente-sintet-sobre-saldo-nao-aplicado-na-educacao

Compartilhe: