Polícia Civil incinera quase R$2 milhões em drogas apreendidas em Guaraí


Foto: Guaraí Notícias - Fornos de uma indústria de produção de telhas e tijolos foram utilizados para a incineração.

Publicado em 10/10/2017 18:00 - Categoria: Policial

A Polícia Civil efetivou na tarde desta terça-feira (10/10), uma nova ação de incineração de drogas em Guaraí. Os entorpecentes foram apreendidos por forças de segurança que atuam no município, incluindo Polícia Militar (PM), a própria Civil e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). No total foram destruídos 168Kg de drogas, incluindo 145Kg de maconha, 14Kg de cocaína pura e 9Kg de crack, gerando um prejuízo estimado de R$2 milhões para o mundo do crime.

 

Os entorpecentes estavam armazenados na sede da Delegacia Regional do município e aguardavam apenas a autorização da Justiça para serem destruídos. Este tipo de ação é comum em Guaraí, já que o território é uma das principais rotas do tráfico interestadual de drogas, lembrando que a maior parte dos entorpecentes destruídos é fruto de operações de fiscalização realizadas na BR-153, rodovia Federal que corta o município.

 

Fornos de uma indústria de produção de telhas e tijolos foram utilizados para a incineração. Chamou a atenção dos que acompanhavam a destruição das drogas, a intensa fumaça gerada durante a combustão dos materiais, em especial aquela advinda do crack, que é produzido por meio da mistura de pasta base de cocaína com outros ingredientes variados, incluindo bicarbonato de sódio, cal, cimento, querosene, amônia, acetona e até soda caustica.

 

Acompanharam a operação, além dos delegados que atuam no município e na região, vários agentes da Polícia Civil, peritos da Polícia Técnica Científica e agentes da Vigilância Sanitária Municipal. Nem mesmo as malas utilizadas para o transporte dos entorpecentes foram salvas, tudo foi consumido pelas chamas que atingiam uma temperatura média de 900 graus célsius, capaz de derreter até mesmo grandes quantidades de ferro.

 

Foto: Guaraí Notícias

Foram quase 170Kg de drogas destruídas durante ação de incineração.

 

Foto: Guaraí Notícias

Prejuízo estimando para o mundo do crime organizado passa de R$2 milhões.
Compartilhe: