Anuncie neste site

Polícia Civil de Guaraí prende suspeito de estuprar enteados de apenas 4 e 7 anos de idade


Foto: Polícia Civil do Tocantins - Kleyton Tavares da Silva, de 27 anos e suspeito de cometer o crime de estupro de vulnerável, cometido contra os enteados de apenas 4 e 7 anos de idade.
Foto: Polícia Civil do Tocantins - Kleyton Tavares da Silva, de 27 anos e suspeito de cometer o crime de estupro de vulnerável, cometido contra os enteados de apenas 4 e 7 anos de idade.

Publicado em 22/01/2019 19:30 - Categoria: Policial

A Polícia Civil de Guaraí prendeu na tarde desta terça-feira (22/01), a pedido da Justiça, um homem suspeito de cometer crime de estupro de vulnerável, praticado contra duas crianças de apenas 4 e 7 anos. Os menores eram filhos da companheira com quem o acusado matinha um relacionamento (enteados).

 

O acusado, Kleyton Tavares da Silva, de 27 anos, residia em uma propriedade rural do município, situada na comunidade Beira do Rio. Os próprios familiares das crianças denunciaram o suspeito, depois delas passarem alguns dias na casa dos avós, onde teriam relatado os abusos que sofriam cotidianamente.

 

Apesar das evidências, o suspeito nega a prática. Depois de ser ouvido na sede da Delegacia Regional de Guaraí, Kleyton foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória (CPP) do município. Devido a acusação que responde, o detido ficará em uma ala afastada dos demais presos, aguardando decisão da Justiça.

 

A Polícia Civil informou que as crianças, vítimas dos abusos, vão passar por exames no Instituto Médico Legal (IML), com o objetivo de comprovar o crime. Elas também devem receber apoio psicossocial, assim como os familiares. O caso corre em segredo de Justiça, já que envolve menores de idade.

Compartilhe: