Anuncie neste site

PM/TO e SEDUC anunciam diretor do Colégio Militar durante agenda de atividades em Guaraí


Foto: Divulgação/SEDUC-TO - O Tocantins possui 11 unidades militares na rede estadual de educação. O Colégio Militar de Guaraí vai atender inicialmente cerca de 400 alunos no espaço provisório.
Foto: Divulgação/SEDUC-TO - O Tocantins possui 11 unidades militares na rede estadual de educação. O Colégio Militar de Guaraí vai atender inicialmente cerca de 400 alunos no espaço provisório.

Publicado em 26/01/2019 14:00 - Categoria: Educação

Durante visita realizada em Guaraí na tarde desta última sexta-feira (25/01), a secretaria estadual de Educação Juventude e Esportes, Professora Adriana Aguiar, acompanhada do chefe do Estado Maior, coronel Henrique de Souza Lima, apresentaram à comunidade o diretor que vai comandar o novo Colégio Militar do município, anunciado ainda no mês de maio do ano passado.

 

A visita fazia parte de uma agenda de atividades, que objetivava ainda o acompanhamento de obras e investimentos que estão sendo promovidos no município, incluindo a reforma do Centro de Ensino Médio Oquerlina Torres (CEMOT), unidade de tempo integral, além das obras de reforma e ampliação do prédio onde funcionará o próprio Colégio Militar (antigo Colégio Anaídes).

 

Foto: Divulgação/SEDUC-TO

Agenda de atividades incluía visita a obras em duas unidades de ensino.

 

O diretor escolhido para comandar a unidade militar de Guaraí é o 1º tenente Raimundo do Carmo Santos, mais conhecido em Guaraí como “Tenente Carmo”. O policial militar da ativa já atua há vários anos no batalhão local e até pouco tempo exercia a função de chefe da sessão de transportes, sendo responsável pela manutenção da frota de veículos militares que circulam na região.

 

"Estamos diversificando a oferta de modalidades de ensino para a população. Desta forma, o Estado garante aos estudantes de Guaraí alternativas para que possam estudar em escolas adequadas ao seu perfil. Estas iniciativas, aliadas com a parceria da gestão municipal, fortalecem a vocação de Guaraí em se tornar um polo em educação nesta região", frisou Adriana Aguiar.

 

Colégio Militar de Guaraí em estrutura alugada

 

A expectativa é de que a reforma do antigo Colégio Anaídes Brito Miranda, orçada em R$ 2.876.445,88 seja concluída ainda em 2019. As obras foram iniciadas em agosto do ano passado e estão sendo financiadas com recursos do Banco Mundial. Até que os trabalhos sejam concluídos, o Colégio Militar de Guaraí funcionará em uma estrutura alugada e provisória, na sede da antiga Escola Palotina.

 

O Tocantins possui 11 unidades militares na rede estadual de educação. O Colégio Militar de Guaraí vai atender inicialmente cerca de 400 alunos no espaço provisório, a maior parte deles já matriculados. A partir do ano que vem, na sede definitiva, devem ser abertas entre 300 e 500 novas vagas, lembrando que atualmente são atendidos alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e 1º e 2º anos do ensino médio.

Compartilhe: