Anuncie neste site

O modelo assertivo de comunicação


Foto: Arquivo Pessoal - Para o autor, "a habilidade de comunicação faz toda a diferença em nossa vida. No ambiente profissional é tão importante quanto conhecimento."

Publicado em 01/11/2018 15:05 - Categoria: Opnião

Por Juan O’Keeffe.

 

Possivelmente você já passou por dificuldades na hora de expressar uma ideia à outra pessoa. A comunicação é uma das atividades que mais praticamos diariamente e ao mesmo tempo pode ser uma incômoda causa de transtornos.

 

A habilidade de comunicação faz toda a diferença em nossa vida. No ambiente profissional é tão importante quanto conhecimento. Se você observar os líderes das organizações de forma geral, uma das suas principais características é justamente sua excelente capacidade de se comunicar com efetividade.

 

Apesar disso, o entendimento com os demais muitas vezes é um desafio, algo que precisa ser aprendido. Praticar a comunicação assertiva pode ser bastante útil para esse fim, mas para entender do que trata a assertividade antes precisamos compreender duas outras formas de comunicação. A passiva e a agressiva.

 

A comunicação passiva é aquela em que a pessoa não se posiciona. Fica quieta frente a uma discussão. Por exemplo, você entra numa reunião de trabalho com diversos colegas. Todos manifestando suas opiniões sobre o curso que deve tomar o projeto e planejando as próximas ações. Porém, por algum motivo, você decide não se manifestar. Seja por estar intimidado, por achar que ninguém vai aceitar suas ideias ou qualquer outro motivo. Então aceita o que os demais decidem mesmo que não seja da sua preferência. Isso é agir com passividade.

 

Do lado oposto existe a comunicação agressiva. Nela a pessoa tenta se impor de toda a maneira. Levanta a voz, repete o seu ponto de vista insistentemente, de forma agressiva, desagradável e até intimidadora. Essa abordagem também é problemática, pois ninguém gosta de ditadores. Mais provavelmente as pessoas irão se afastar de você por acreditarem que não é alguém com quem se possa trabalhar.

 

Existe ainda a comunicação assertiva. Ela é um meio termo entre a comunicação passiva e a agressiva. Demonstrar assertividade significa, em primeiro lugar, se posicionar em vez de fugir da discussão. Ao contrário da pessoa que age de forma passiva, deixando que os outros decidam por ela. Uma pessoa assertiva não se intimida. Pelo contrário, se levanta para defender o seu ponto de vista.

 

A comunicação assertiva envolve falar o que se pensa de forma clara e objetiva. É uma comunicação direta e com segurança. O comportamento assertivo também é respeitoso. Não é como na comunicação agressiva em que se tenta ditar o que deve ser feito, desconsiderando a fala de argumentos contrários. Assertividade é estar aberto para ouvir o que os demais têm para falar e levar em consideração essas opiniões na hora de propor uma solução.

 

Nossas necessidades nem sempre estão alinhadas com as outras pessoas. Por isso é importante trabalharmos nossa capacidade de comunicação interpessoal. A assertividade é uma habilidade que contribui nesse sentido. Surge como uma alternativa aos modelos passivo e agressivo.

 

-----------------------------------------------------

 

Juan O’Keeffe é empreendedor, bacharel e mestre em Administração. Atua no mercado corporativo e escreve sobre desenvolvimento pessoal no seu blog www.evolucaopessoal.com.br.

Compartilhe: