Anuncie neste site

Motociclista fratura clavícula ao colidir com baú em trevo sem iluminação da BR-153 de Guaraí


Foto: Guaraí Notícias - Conforme apurado, o condutor da moto, que seguia pela via de rolamento da rodovia BR-153, teria sido surpreendido pelo baú, que realizava a travessia do trevo.
Foto: Guaraí Notícias - Conforme apurado, o condutor da moto, que seguia pela via de rolamento da rodovia BR-153, teria sido surpreendido pelo baú, que realizava a travessia do trevo.

Publicado em 20/02/2020 21:01 - Categoria: Policial

Um jovem de 19 anos fraturou a clavícula, logo após colidir com a moto que conduzia na lateral de uma caminhonete F-4000 baú. O acidente foi registrado em Guaraí na noite desta quinta-feira (20/02), às 21:41h, mais precisamente em um trevo da travessia urbana da BR-153, entre o Posto Rede Dito e a agência do Banco do Brasil, local que não possui iluminação artificial.

 

De acordo com as informações apuradas, o condutor da moto, que seguia pela via de rolamento da rodovia BR-153, teria sido surpreendido pelo baú, que realizava a travessia do trevo. Além do condutor da moto, outro jovem de 19 anos estava na garupa, porém ele não se feriu, apesar do impacto violento. O motorista da F-4000 também não se feriu e permaneceu o tempo todo no local.

 

 

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e chegou rapidamente. O condutor da moto foi socorrido por populares e levado consciente até o Hospital Regional de Guaraí (HRG), onde passou por exames mais detalhados. A moto, que estava com a documentação atrasada desde 2017, acabou sendo guinchada. A documentação da F-4000 estava regular (em dia).

 

Até quando sem iluminação?

 

Há vários anos a população de Guaraí cobra a iluminação dos 4,5 quilômetros da travessia urbana da BR-153 de Guaraí, pedido que até hoje não foi atendido pelas autoridades competentes. O trecho, apesar de curto, concentra 42% de todos os acidentes registrados na área de atuação do Posto da PRF local, lembrando que o perímetro vai de Miranorte até Colinas do Tocantins (170km).

 

Compartilhe: