Anuncie neste site

Habitat confirma 237 famílias em cadastro de programa que vai oferecer 61 moradias em Guaraí


Foto: Ilustração/Internet - Até o próximo dia 28 de março a Caixa deve anunciar os nomes das 61 famílias beneficiadas, que serão escolhidas conforme critérios pré-estabelecidos.

Publicado em 12/03/2018 17:00 - Categoria: Notícia

A Prefeitura de Guaraí, em parceria com a Associação Habitat para a Humanidade, divulgou nesta segunda-feira (12/03), a lista com os nomes de 237 famílias que formalizaram o preenchimento do cadastro de um programa habitacional que oferece 61 moradias no Residencial Habitare II. A seleção definitiva será efetivada pela Caixa Econômica Federal, banco público que irá financiar a construção das casas em um terreno doado pelo município.

 

De acordo com as informações divulgadas, até o próximo dia 28 de março a Caixa deve anunciar os nomes das 61 famílias beneficiadas, que serão escolhidas conforme critérios pré-estabelecidos. As demais pessoas da lista que não forem beneficiadas, ficarão no cadastro de reserva do programa, lembrando que o terreno doado pelo município está situado no final da Avenida Fortaleza e possui uma área de 33.612,26 m², projetado para abrigar até 160 lotes.

 

Apresentado em abril do ano passado, o projeto de construção do residencial popular visa beneficiar famílias que sonham em sair do aluguel e possuam renda de até R$1.800,00. A iniciativa recebe apoio da Prefeitura de Guaraí, mas é gerenciada pela Associação Habitat para a Humanidade, entidade internacional, sem fins lucrativos e que atua há mais de 20 anos no município. Somente em Guaraí a instituição já ajudou a construir mais de 450 moradias.

 

As famílias beneficiadas terão parte do investimento subsidiado pelo Governo Federal. Como ocorre em projetos habitacionais de moradias populares, os imóveis terão padrão único, incluindo a construção de dois quartos, um banheiro, sala/cozinha conjugada e uma área de serviço. Por se tratar de um programa social, as parcelas de pagamento terão valor mínimo de R$ 25,00 e máximo de R$ 100,00 por mês, diluídas ao longo de 10 anos.

 

CLIQUE AQUI e veja a lista das 237 famílias cadastradas.

Compartilhe: