Anuncie neste site

Defensoria pede na Justiça solução definitiva para animais soltos pelas ruas de Guaraí


Foto: Divulgação/DPE-TO - Ação foi proposta após inúmeras denúncias recebidas pela DPE/TO e pede que seja adotada uma solução definitiva para o problema dos animais soltos pelas ruas de Guaraí.

Publicado em 07/11/2018 16:43 - Categoria: Notícia

Há vários anos moradores de diferentes bairros de Guaraí convivem com uma situação bastante comum, a grande quantidade de animais soltos pelas ruas da cidade, especialmente os de grande porte (bois, bezerros, novilhas, cavalos e mulas). Diante da situação e com base em várias denúncias, a Defensoria Pública do Tocantins (DPE/TO) decidiu exigir na Justiça, por meio de uma Ação Civil Pública (ACP), que esta situação tenha uma solução definitiva.

 

Conforme consta na ação, há alguns meses atrás vários moradores procuraram a sede da DPE/TO em Guaraí, comunicando a existência de inúmeros animais de grande porte que estavam sendo criados soltos nas vias e logradouros da cidade, em especial nos bairros mais afastados do centro. Uma destas moradoras disse ter procurado a Prefeitura de Guaraí para relatar tal situação, mas recebeu a resposta de que o município não tinha condições de ajuda-la.

 

Diante da negativa em se propor uma solução definitiva para o problema, o defensor público Evandro Soares da Silva optou por exigir do poder público local que sejam adotadas providências urgentes em relação aos fatos. Na ação, o defensor cita ainda um acidente de trânsito recente, envolvendo um motociclista, que ficou ferido depois de atropelar um boi em plena via pública, quando voltava para casa na noite do último dia 09 de setembro, por volta das 22:30h.

 

Foto: Divulgação/DPE-TO

Motociclista ficou ferido depois de atropelar um boi em uma rua de Guaraí no dia 09/09.

 

“Não existe qualquer política pública ou planejamento no sentido de se promover a orientação, fiscalização e recolhimento destes animais. Nós tentamos procurar o poder público local para formalizar pelo menos uma proposta de intervenção, que possibilitasse a solução do problema, mas depois de inúmeras tentativas, não obtivemos respostas e, portanto, decidimos optar pela resolução do conflito na Justiça”, explicou o defensor público Evandro Soares da Silva na ação.

 

A ACP apresenta ainda vários flagrantes registrados pelas ruas da cidade. Em uma das imagens é possível ver uma manada de bovinos com filhotes circulando pelas ruas da cidade. “É de conhecimento notório que as fêmeas bovinas tendem a agir institivamente para proteger suas crias, atacando, se necessário, quem lhes represente ameaça. É inadmissível que este tipo de situação aconteça em nossa cidade”, argumenta o defensor público autor da ação.

 

Foto: Divulgação/DPE-TO

Flagrante mostra bovinos circulando com filhotes em plena via pública de Guaraí.

 

Foto: Divulgação/DPE-TO

Situação pode ser visualizada em vários bairros de Guaraí, como mostram os registros.

Compartilhe: