Anuncie neste site

Campanha para ajudar moradora de Guaraí que sobrevive com R$ 230,00 por mês; veja vídeo


Foto: Divulgação - A moradora sobrevive com uma ajuda financeira do Governo Federal no valor de R$ 230,00 e não possui outra renda e nem emprego fixo. As filhas, além de estudar, ajudam em casa com o pouco que recebem através de pequenos “bicos”.
Foto: Divulgação - A moradora sobrevive com uma ajuda financeira do Governo Federal no valor de R$ 230,00 e não possui outra renda e nem emprego fixo. As filhas, além de estudar, ajudam em casa com o pouco que recebem através de pequenos “bicos”.

Publicado em 28/01/2019 14:38 - Categoria: Social

A moradora de Guaraí, Dona Aldina Pereira das Cruz, de 58 anos, reside com as duas filhas adultas em uma pequena casa, de apenas um cômodo, situada no bairro Setor Piaçava. Ela precisa de ajuda para terminar a construção de um banheiro, já que não tem condições de fazer isso sozinha.

 

A situação dela foi divulgada nesta segunda-feira (28/01), por meio do quadro “Cowboy Solidário”, apresentado pelo comunicador Jornas Cowboy, que vai ao ar todas as segundas-feiras, a partir das 12:30h, dentro do Programa Guaraí Notícias da Rádio Ativa FM (87,9MHz), emissora comunitária do município.

 

A moradora sobrevive com uma ajuda financeira do Governo Federal no valor de R$ 230,00 e não possui outra renda e nem emprego fixo. As filhas, além de estudar, ajudam em casa com o pouco que recebem através de pequenos “bicos” e o dinheiro mal dá para custear as despesas fixas (alimentação, água e luz).

 

Além de ajuda para construir o banheiro da casa onde mora, Dona Aldina e suas filhas precisam de camas novas, armários e um taque para lavar suas roupas, já que fazem isso de maneira improvisada no quintal. Elas também precisam de doações de alimentos, roupas, calçados e oportunidades de trabalho.

 

Mais informações:

 

Para mais informações e esclarecimentos, entre em contato com o comunicador Jonas Cowboy por meio do Celular/WhatsApp (63) 9 9987-0682 ou ligue para o celular (63) 9 9946-4477 e fale diretamente com Karla e Karlene, filhas de Dona Aldina. Elas residem na Avenida B-07, Nº 4.578 – Setor Piaçava.

 

Conheça um pouco da história de Dona Aldina nas palavras de Jonas Cowboy

 

 

Resultado da campanha:

 

Após a repercussão do caso, várias pessoas se prontificaram para ajudar e sugiram desta forma doações de telhas, tijolos, cimento, areia e valores em dinheiro, que serão utilizados para terminar a construção do banheiro inacabado. A família também recebeu doações de alimentos, roupas e calçados.

Compartilhe: