Anuncie neste site

71% do público alvo da campanha nacional ainda não foi imunizado contra a gripe em Guaraí


Foto: Divulgação - Entre as mais de 5.500 pessoas que devem ser vacinadas em Guaraí, o grupo que envolve professores e crianças menores de 6 anos é o que mais preocupa, com pouco mais de 23% de indivíduos imunizados.
Foto: Divulgação - Entre as mais de 5.500 pessoas que devem ser vacinadas em Guaraí, o grupo que envolve professores e crianças menores de 6 anos é o que mais preocupa, com pouco mais de 23% de indivíduos imunizados.

Publicado em 30/04/2019 19:36 - Categoria: Saúde

Um balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Guaraí nesta terça-feira (30/04), mostra que 71% do público alvo da 21ª campanha nacional de vacinação contra a gripe ainda não procurou a imunização nos postos de saúde da cidade. A campanha teve início no dia 10 de abril e segue até 31 de maio, lembrando que o “Dia D” está marcado para acontecer em 04 de maio.

 

Devem se vacinar crianças de 6 meses e menores de 6 anos, idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, povos indígenas, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, além de presos e funcionários do sistema prisional.

 

Entre as mais de 5.500 pessoas que devem ser vacinadas em Guaraí, o grupo que envolve professores e crianças menores de 6 anos é o que mais preocupa, com pouco mais de 23% de indivíduos imunizados. As que mais tem buscado a imunização são as gestantes, com mais de 45,2% do público alvo já imunizado, assim como os trabalhadores da saúde, com 35,7% de imunizados.

 

Vale lembrar que a campanha de vacinação envolve as três esferas do Sistema Único de Saúde, contando com recursos da União, das Secretarias Estaduais de Saúde e Secretarias Municipais de Saúde. Em todo o país serão mais de 41,8 mil postos de vacinação, com o envolvimento de aproximadamente 200 mil profissionais da saúde, mobilizados para vacinar quase 60 milhões de pessoas.

 

Uma proteção necessária:

 

A vacina contra influenza protege contra os três tipos mais graves do vírus da gripe: H1N1, H3N2 e B. As doses não têm contraindicações ou efeitos colaterais e quem tem alergia ao ovo também pode ser imunizado. De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, a meta da campanha é a de imunizar pelo menos 90% do público alvo em todo o Estado, estimado em 349,7 mil pessoas.

Compartilhe: